Honda doa 300 cilindros de oxigênio para o Amazonas

A Honda doou 300 cilindros de oxigênio para o Amazonas no domingo (17). Com os hospitais lotados e falta de oxigênio aos pacientes, o estado vive um colapso na Saúde e uma crise sem precedentes causada pela pandemia do novo coronavírus. 

Foram doados 3.000 m3 de oxigênio, item essencial para pacientes infectados pelo coronavírus com inflamação no pulmão.  A carga que saiu do aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, foi entregue à Central de Medicamentos do Amazonas, órgão vinculado à Secretaria estadual de Saúde do Amazonas (Susam).

"A Honda acredita que a união de esforços e recursos é a maneira mais eficiente para apoiar as comunidades e profissionais de diversos setores que seguem na linha de frente do combate ao Coronavírus", informou a empresa, em nota. 

Além dos cilindros deste domingo, a empresa já havia doado outros 23 na quinta-feira (14). 

Cilindros de oxigênio saíram de São Paulo e foram entregues em Manaus 
(Foto: Moto Honda da Amazônia/Divulgação) 

Doação de 300 cilindros de oxigênio ocorre diante da crise causada pela pandemia no Amazonas 
(Foto: Moto Honda da Amazônia/Divulgação)

Funcionários da Honda juntos com cilindros doados à Saúde do Amazonas 
(Foto: Moto Honda da Amazônia/Divulgação)